Você está em: Home > Artigos > A Eternidade do Momento

Imprimir página - Versão para Impresão

Artigos

A Eternidade do Momento

Em um plano não-físico, sabemos que não há tempo, pois tudo o que fazemos ou deixamos de fazer fica para sempre. Nossa memória, de forma consciente ou inconsciente, registra tudo, como se fosse um filme.

Para alguns, levando-se em consideração que nossos pensamentos emitem ondas energéticas que se movimentam dentro do Universo e são regidos por determinados princípios, existe a certeza de que estas ondas são captadas e ficam indelevelmente gravadas em uma memória universal.

Assim, podemos inferir que o momento e a eternidade são a mesma coisa. Afinal, todos os atos são eternos e conseqüentes

Saber administrar este tempo é, neste contexto, um ato eterno, que dirigirá nossas vidas para sempre.

Quando você não tem tempo, vá devagar. Quando você tem tempo, comece já.

Ao sermos chamados para ajudar um ente querido vitimado por um acidente, normalmente, saímos com um veículo em alta velocidade, pois queremos chegar ao local o mais rapidamente possível. É neste momento que cometemos todos os tipos de imprudências e imperícias. Queremos cortar caminho, pegar atalhos. Com certeza, se chegarmos não será no menor tempo e em condições de prestar ajuda

Assim sendo, se conseguirmos nos fixar no aqui e agora, e mantivermos a calma, saberemos primeiro para qual hospital nos dirigir e o melhor caminho a seguir. Ao chegarmos ao carro teremos as chaves nas mãos, seremos prudentes no trânsito e chegaremos em condições de ajudar.

Em outra situação, um compromisso marcado para daqui a três meses não nos aflige. Logo, podemos deixá-lo para amanhã. Assim ocorre com a entrega do imposto de renda, o licenciamento do carro, a renovação do visto do passaporte etc. Teremos, novamente, de estar correndo para não perder o prazo ou as condições necessárias de coisas que poderiam ter sido resolvidas há tempos. É por isto que nossa saúde, capacitação em línguas etc, ficam num segundo plano. Não usamos o tempo disponível para as tarefas essenciais, pois as circunstanciais nos ocupam.

Horace Mann nos deixou uma frase fantástica a respeito do tempo: "Perdidas ontem, em algum lugar entre o levantar e o pôr do sol, duas horas de ouro, cada uma ornada com sessenta minutos de diamantes. Não se oferece recompensa a quem as queira encontrar, porque perderam-se para sempre".

Geraldo Leal de Moraes

Consultor de Estratégia Empresarial e Educação Corporativo

Copyright© 1973-2011 mcaconsult.com.br - Todos os direitos reservados.

MCA Consult - Telefones: São Paulo: +55 (11) 3881-4659 / Santa Catarina: +55 (048) 3207-8950, +55 (48) 9621-7564

Topo