Você está em: Home > Artigos > O futuro da humanidade e do Brasil

Imprimir página - Versão para Impresão

Artigos

O futuro da humanidade e do Brasil

Stephen HawkingEm interessante artigo do jornal o “Estado de São Paulo” do dia 20 de agosto de 2006 o editorialista de economia digital Ethevaldo Siqueira nos leva a uma profunda reflexão.

Stephen Hawking, autor dos livros “Uma breve história do Tempo e o Universo Numa Casca de Noz”, professor de matemática na Universidade de Cambridge, Inglaterra e gênio da astrofísica, em 13 de junho deste ano em Hong Kong em palestra retransmitida a milhares de internautas propôs uma questão fundamental.

“Como poderá sobreviver a raça humana por mais 100 anos, diante de problemas tão sérios como a guerra, o terrorismo, a violência, a corrupção, a poluição, o efeito estufa e outras ameaças, em um mundo que se transformou em um verdadeiro caos político, social e ambiental?”

Nas primeiras 3 semanas teve 17.000 respostas de todos os tipos.

Pergunto Eu agora de forma reflexiva a vocês minhas amigas e amigos.

E nós brasileiros em que contexto nos encontramos?

Qual nossa imagem no cenário internacional e qual o peso de influência no sentido de ter alternativas de soluções ou deixar de ser um elo fraco na corrente política social e econômica que nos arrasta para terríveis ameaças?

A degradação do ser humano leva a degradação do ambiente social, político e econômico.

A miséria e condições indignas de vida da maioria da população brasileira nos levam a uma desesperança e violência.

Será que uma política assistencialista de dar esmolas que sempre tivemos e que o governo Lula coloca como solução de todos os males pode nos levar a algum lugar?

Precisamos de um choque de desenvolvimento do ser humano através de educação, saúde, meio ambiente, de cortes fortes em gastos e privilégios.

De um programa de crescimento econômico baseado no trabalho e respeito ao cidadão.

Mario Covas e Geraldo

Mario Covas Geraldo Leal de MoraesNeste momento me lembro de um encontro feliz de minha vida, no começo de 1985.

Recebido por 1 hora pelo então Prefeito de São Paulo, Mário Covas, em uma visita em que estava acompanhado de 6 profissionais de diferentes áreas da Austrália, em um programa de Intercâmbio Profissional do Rotary.

Conheci um homem público sério, que ouviu durante 30 minutos e perguntou tudo e muito sobre a Austrália, quando perguntado sobre São Paulo e o Brasil deu uma aula de conhecimento em detalhes por mais de 40 minutos.

Mais tarde o Estado de São Paulo foi premiado em ter o privilégio de te-lô como Governador.

O Estado de São Paulo não mais parou de evoluir, crescer e se tornar um exemplo de respeito com a causa pública, de evoluir no caminho do desenvolvimento com justiça social.

Quem foi seu continuador da forma pragmática, séria e sem marketing ou propaganda pessoal?

Geraldo Alckmin é realizador, trabalhador e envolvido com as soluções.

Creio que a oportunidade da mudança chegou e por isto estou em campanha.

O Brasil e seu povo trabalhador merecem Geraldo Alckmin.

A Humanidade e o Brasil merecem sobreviver e melhorar, só depende de nós em nossas atitudes diárias e capacidade de escolher nossos governantes de forma adequada.

É interessante, também, observar que o candidato Cristovam Buarque, de quem tive excelente impressão em sua apresentação aos empresários do PNBE – Pensamento Nacional das Bases Empresariais, no dia 29 de maio deste ano e pude debater com franqueza e depois ter uma conversa aberta, teve sua ação truncada de forma deselegante pelo Presidente Lula no inicio do mandato.

Lula agora vem com um discurso eleitoreiro de campanha que educação é prioridade. Cristovam tem também uma boa plataforma de governo. É pena que tenha sido descartado por Lula, hoje estaríamos em outro patamar e sem analfabetismo.

Heloisa Helena antes defensora dos valores pregados pelo PT, também se afastou e teve uma atitude digna ao observar que os responsáveis pela hecatombe da moral, ética e da honestidade juntaram-se aos meliantes de luxo e ao que já havia de mais podre no país. Ela, Plínio de Arruda Sampaio, Hélio Bicudo e muitos outros dignos não ficaram no “Eu não sabia eu não vi nada”.

Sinto-me a vontade por manifestar estes pontos de vista, pois escrevi ao Presidente Lula quatro cartas de sugestões e de alerta dos riscos e recebi sempre a honra da resposta de sua assessoria em seu nome.

Bem como as 2 respostas de sua assessoria:

Geraldo Leal de Moraes Lívio GiosaLeiam novamente o que escrevi e as datas. Sempre torci pelo acerto do Presidente.

Agora mais do que nunca acredito que para o Brasil, para todos nós e para o próprio Lula, é a vez de Geraldo Alckmin.

Permitam-me, também, apresentar aos meus amigos e amigas que votam em São Paulo o candidato a deputado estadual Livio Giosa que tem uma vida e dedicação a ação das empresas à responsabilidade social. Seu número é 45.119 e é candidato pelo PSDB. Conheçam-no melhor entrem no site: www.liviogiosa45119.can.br

Geraldo Leal de Moraes

Consultor de Estratégia Empresarial e Educação Corporativo

Copyright© 1973-2011 mcaconsult.com.br - Todos os direitos reservados.

MCA Consult - Telefones: São Paulo: +55 (11) 3881-4659 / Santa Catarina: +55 (048) 3207-8950, +55 (48) 9621-7564

Topo