Você está em: Home > Artigos > Sim, nós podemos

Imprimir página - Versão para Impresão

Artigos

Sim, nós podemos

Florianópolis, 19 de janeiro de 2009.

Foto: Barak ObamaEsta é uma frase que mostra a força de uma mudança não só possível, mas principalmente factível.

Barack Obama não a usa no singular como se a ação dependesse dele. Ele conta com uma grande maioria do povo americano que quer mudança, uma grande maioria da população do mundo que quer mudança.

Raul Castro e muitos governantes de todas as correntes já colocaram que talvez ele venha a ser uma grande decepção pelas dificuldades que terá pela resistência dos que estão no poder e se usufruem do “status quo”.

Vivemos em um mundo onde a ganância, a ditadura e o crime organizado manipulam as ações políticas, jurídicas e econômicas e criam o ambiente do medo.

Um mundo onde se banalizou o uso de crianças para o crime ou massa de manobra para distribuição de drogas e prostituição e que está necessitando de uma grande mudança.

Um mundo onde os desastres ecológicos se manifestam como reação ao descaso com a natureza em nome do crescimento econômico e mais poder, a Amazônia é um exemplo gritante disso.

Um mundo onde em nome da luta ao terror se usam todas as armas sem consciência para oprimir e subjugar.

Este quadro leva-nos a sentir impotentes, marginalizados e descrentes de que possamos mudar a situação. Nada mais confortável para o “status quo” que domina o Brasil e o mundo e se locupleta na impunidade.

Somente a ação da sociedade civil e das empresas que atuam e sustentam uma economia de mercado e acreditam na democracia, podem fazer a diferença.

A essência do ser humano é divina e independe da raça, credo, nacionalidade ou cor.
A chama do amor e da evolução é o DNA de todos os povos.

Agora é o momento em que existe a consciência da maioria de que a terra está sendo destruída pela ação dos homens e a vida humana está se degradando.

Agora é o momento em que a confiança nas estruturas financeiras foi rompida e sinalizam novas ações.

Neste quadro podemos fazer alguma coisa?

Sim, nós podemos respeitar e ser respeitados.

Sim, nós podemos amar e ser amados.

Sim, nós podemos ser honestos e exigir honestidade.

Sim, nós podemos colaborar e pedir colaboração.

Sim, nós podemos criar a verdadeira democracia e eliminar as ditaduras.

Sim, nós podemos viver com justiça e exigir punibilidade para os erros e má fé.

Sim, nós podemos ajudar a mudar o mundo.

O mundo somos nós.

Se continuarmos na atitude atual, vamos ser resistentes às mudanças necessárias.

Se mudarmos nossa atitude o mundo será melhor.

Não podemos deixar para Barack Obama toda a responsabilidade e peso da mudança.

Vamos fazer nossa parte.

Afinal de contas, sim, nós podemos.

Geraldo Leal de Moraes

Consultor de Estratégia Empresarial e Educação Corporativo

Copyright© 1973-2011 mcaconsult.com.br - Todos os direitos reservados.

MCA Consult - Telefones: São Paulo: +55 (11) 3881-4659 / Santa Catarina: +55 (048) 3207-8950, +55 (48) 9621-7564

Topo